Revista ProCampo - Uma Leitura Produtiva

 

 
de 2017.   51ª Edição (Agosto/Setembro)  
Publicidade

Anuncie Aqui!

Entrevistas

 

31.10.2011 - 09:43

Papel estratégico no agronegócio capixaba

Afirmo com toda certeza, que o Incaper atua diretamente no desenvolvimento da agricultura e da pecuária de leite e corte do Estado. Esta é uma das considerações de Evair Vieira de Melo, que se tornou presidente do Incaper em 2009, sendo reconduzido ao cargo pelo governador Renato Casagrande em 2011, quando foi eleito presidente do Conselho Nacional das Entidades de Pesquisa Agropecuária (Consepa). Evair é formado em Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo e técnico agrícola, especializado em cafeicultura e em gestão de projetos. Foi secretário de Agricultura do município capixaba de Venda Nova do Imigrante por dois mandatos e diretor técnico da Cooperativa dos Cafeicultores das Montanhas do Espírito Santo (Pronova).

ProCampo - Quais são os maiores desafios que o Incaper enfrenta hoje?
Evair Vieira de Melo - A crescente demanda pela agricultura de qualidade e voltada para a sustentabilidade tem necessitado de uma grande estrutura de assistência técnica e atendimento do Incaper. Nosso corpo técnico está se aposentando e muitos agricultores acabam ficando sem o atendimento que merecem. Em contrapartida a este fato, nós conseguimos publicar o edital que autoriza o novo concurso do Incaper, para ocupar as vagas dos aposentados e não deixarmos as demandas se acumularem. Este concurso é um grande desafio para o Incaper, pois com os novos profissionais atuando no cenário atual,  podemos suprir, com qualidade, a necessidade de atendimento dos agricultores de base familiar do nosso Estado.

ProCampo - Quais as cadeias do agronegócio capixaba que necessitam maior apoio e projetos para serem incrementadas?
Evair Vieira de Melo - O Espírito Santo possuí muitas culturas e produções diferenciadas em muitas propriedades, mas umas são mais privilegiadas que as outras. Isso se deve pelo fato de existir um grande número de profissionais que atuam, por exemplo, em lavouras de fruticultura e cafeicultura. Entretanto, existem poucos recursos humanos para trabalhar em determinadas produções, como a de animais, olericultura, e de grãos das cadeias alimentares.
Mas essa realidade irá mudar futuramente. Primeiro pelo fato do Incaper realizar um concurso que inicia o atendimento a essas pequenas demandas, incrementando essas produções menores. Portanto, tendo mais profissionais engajados, mais apoio e projetos terão essas lavouras e cadeias produtivas menores.

ProCampo - A pesquisa e a extensão rural têm dado suporte para o crescimento da agropecuária capixaba?
Evair Vieira de Melo - Atualmente temos no Espírito Santo uma produtividade recorde na cafeicultura, superamos a média brasileira. Isso aconteceu em razão dos programas de pesquisa e transferência de tecnologia, por meio da  extensão rural, para os agricultores que o Incaper possuí, com as variedades resistentes e as tecnologias aplicadas as boas práticas agrícolas para melhorar a qualidade do café. Além da produção dos cafés conilon e arábica, temos as frutas, como por exemplo, o mamão, fruta esta que faz do Estado o maior exportador do Brasil. Este fato só ocorreu devido a utilização de tecnologias que evitassem a contaminação de pragas no fruto com menor impacto ambiental. Outras culturas como o abacaxi, milho, Goiaba e tecnologias agrícolas voltadas para a sustentabilidade estão nas ações do Incaper. Desse modo, afirmo com toda certeza, que o Incaper atua diretamente no desenvolvimento da agricultura e da pecuária de leite e corte do Estado.

ProCampo - Que trabalho o Incaper tem realizado junto à família rural?
Evair Vieira de Melo - Sem a família rural não temos produção agrícola no Espírito Santo. O Governo do Estado possuí muitos programas destinados a toda família agrícola. O Incaper possuí ações com o agroturismo e a agroindústria, que agrega toda a família nas atividades, desde a produção até a comercialização dos produtos e dos serviços. Os projetos destinados as mulheres e aos jovens tem ajudado na diminuição do êxodo rural, evitando a concentração de pessoas na região metropolitana da Grande Vitória. Os técnicos do Incaper também constroem juntos com as ações de agricultores e comunidades agrícolas, os projetos destinados aos Programas de Aquisição de Alimentos e de Alimentação Escolar, do Governo Federal. As ações do Incaper estão ligadas diretamente com a melhoria da qualidade de vida e do aumento de renda dos agricultores para que possam viver em sua terra com conforto e trabalho.

ProCampo - Como está formada a estrutura de pessoal técnico do Incaper na sede e no
interior?
Evair Vieira de Melo -  Os técnicos, entre pesquisadores e extensionistas, estão se aposentando e deixando uma grande legado de pesquisa, assistência técnica e extensão rural. Teremos nosso concurso para a efetivação e o preenchimento das vagas deixadas pelos profissionais do Incaper. Deste modo, não teremos deficit no atendimento aos agricultores capixabas.

ProCampo - Na sua opinião, qual é ou virá a ser o perfil do produtor rural capixaba frente a mais uma crise que se aproxima?
Evair Vieira de Melo -  Temos que pensar na necessidade de modificação, sempre que uma crise se aproxima. Temos uma arma positiva contra as crises, que se chama diversificação agrícola, deixando os agricultores capixabas respirarem e vencer a crise, caso ela chegue forte no país. O Espírito Santo é pequeno em seu tamanho territorial, mas os capixabas podem competir com os agricultores de outros estados em volume de produção, em todas as culturas, mas pode se destacar cada vez mais na qualidade e produtividade de sua produção agrícola.
O futuro do agronegócio capixaba é a produção agrícola de conceito, que significa que o produto agrícola por si só já é bom, pois agrega além do trabalho, história, cultura e fé.

Entrevista publicada na 34ª edição da revista ProCampo (Out/Nov 2011).


Edições Anteriores

23.09.2014 - Desconhecimento e descaso

08.07.2014 - Selita com novo presidente

13.05.2014 - "Com o resfriamento do Oceano Pacífico, deve haver uma redução de chuvas no Sudeste e Sul do país"

18.03.2014 - A pujança do agronegócio capixaba

08.01.2014 - Em defesa da cacauicultura


 voltar  |  topo  |  home

Publicidade

 

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

 

Parceiros

 
  • Cedagro
  • Defagro
  • Midas
  • Cooabriel
  • Incaper
  • Seea
  • Senar
  • CCA-Ufes

Revista ProCampo - A Revista do Agronegócio Capixaba

Endereço: Rua Vinte e Dois de Abril, 09 - B.N.H. - Linhares/ES - 29902-180

Telefone: (27) 3373-3424 // 9984-5808

Email: procampo@revistaprocampo.com.br

"Criando sua empresa na internet"