Revista ProCampo - Uma Leitura Produtiva

 

 
de 2017.   51ª Edição (Agosto/Setembro)  
Publicidade

Anuncie Aqui!

Entrevistas

 

08.01.2014 - 16:48

Em defesa da cacauicultura

Organizar e representar os interesses do setor cacauicultor capixaba é a missão da Associação de Cacauicultores de Linhares - Acal, entidade com sede em Linhares (ES).
Para falar sobre o momento, os problemas e as metas da Acal, Maurício Antonio Buffon, presidente há dois anos, conversou conosco.
"Com a chegada da vassoura-de-bruxa na nossa região, perdemos 80% da produção cacaueira", resalta Buffon. Vamos a entrevista.

ProCampo - Conte-nos o que é a Acal?
Maurício Antonio Buffon - A Acal (Associação de Cacauicultores de Linhares), em sua essência, é uma entidade fundada com a finalidade de associar todos os produtores de cacau e defender os interesses da classe. Tem em seu estatuto a premissa da defesa e preservação ambiental.

ProCampo - Além da vassoura-de-bruxa, quais os principais problemas enfrentados pelos
cacauicultores capixabas?
Maurício Antonio Buffon - O cacau, como qualquer outra cultura, sempre está sujeito a problemas. Presentemente a “vassoura” nos derrotou em terrível batalha. Estamos nos organizando para vencermos a próxima. Entretanto as sequelas deixadas são enormes, ou seja: desestruturação do setor, empobrecimento da classe, evasão de mão de obra e infraestrutura dos produtores sucateada.
Além disso, estivemos até recentemente com os preços muito baixos, mas a boa  reação recente promete dias melhores.
Outra questão é o que o governo federal vem fazendo com a Ceplac. Não há contratação de pessoal há 27 anos. Nosso quadro no Espírito Santo é reduzido. Precisamos de uma Ceplac forte no nosso Estado, mas isso parece utopia.

ProCampo - Como está a rentabilidade do produtor de cacau associado à Acal?
Maurício Antonio Buffon - Com a instalação e proliferação da doença da vassoura-de-bruxa aqui no Espírito Santo, perdemos cerca de 80% da produção de cacau capixaba. Os produtores que renovaram suas lavouras há mais de cinco anos introduzindo novas variedades resistentes à doença estão tendo excelentes resultados. Mas ainda são poucos produtores.

ProCampo - O endividamento atinge o cacauicultor capixaba?
Maurício Antonio Buffon - Atinge sim. Aqueles que foram aos bancos tomar empréstimos para a renovação das lavouras, agora encontram-se fragilizados pois os prazos de carência de 3 anos então oferecidos são reconhecidamente pequenos. Estamos propondo carências maiores.

ProCampo - Quais resultados esperados com a ação de repasse de mudas de cacau para os
produtores rurais?
Maurício Antonio Buffon - Veja, estamos apenas no início de um processo. A entrega de mudas é apenas um passo inicial extremamente importante. Nosso projeto é ambicioso.  Queremos erradicar todas as plantas doentes na região. Também queremos reintroduzir milhões de novas mudas de cacau clonal resistente à doença. Terminamos 2013 produzindo cerca de 4.500 toneladas de cacau. Queremos chegar a 30.000 toneladas em 2023. Além disso criamos a cooperativa de cacau em 2013. Estamos pensando na possibilidade de implantar uma indústria de chocolate na região.
Temos visto enorme interesse de produtores de todos os municípios do Espírito Santo na produção de cacau.
Estabelecemos um convênio com o Sebrae-ES para implantação da identificação geográfica (certificação IG) em 2014/15
Portanto, nossos objetivos estão muito além da entrega de mudas.

Entrevista publicada na 47ª edição (Dez/Jan 2014) da revista ProCampo.
É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização expressa dos editores ou do entrevistado.

 


Edições Anteriores

23.09.2014 - Desconhecimento e descaso

08.07.2014 - Selita com novo presidente

13.05.2014 - "Com o resfriamento do Oceano Pacífico, deve haver uma redução de chuvas no Sudeste e Sul do país"

18.03.2014 - A pujança do agronegócio capixaba

05.11.2013 - Pelo bem da agricultura capixaba


 voltar  |  topo  |  home

Publicidade

 

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

 

Parceiros

 
  • Cedagro
  • Defagro
  • Midas
  • Cooabriel
  • Incaper
  • Seea
  • Senar
  • CCA-Ufes

Revista ProCampo - A Revista do Agronegócio Capixaba

Endereço: Rua Vinte e Dois de Abril, 09 - B.N.H. - Linhares/ES - 29902-180

Telefone: (27) 3373-3424 // 9984-5808

Email: procampo@revistaprocampo.com.br

"Criando sua empresa na internet"