Revista ProCampo - Uma Leitura Produtiva

 

 
de 2017.   51ª Edição (Agosto/Setembro)  
Publicidade

Anuncie Aqui!

Entrevistas

 

18.03.2014 - 18:08

A pujança do agronegócio capixaba

Entre os dias 2 e 5 de abril, Linhares sediará a segunda edição da Exposição Agropecuária Norte Capixaba (GranExpoNorte) e Festival Nacional do Mamão (Brasil PapayaFest). Os eventos, que acontecem de forma paralela no Parque de Exposições do município, reúnem um público de mais de 50 mil pessoas e movimentam mais de R$ 50 milhões em negócios.
Nesta edição, a ProCampo entrevista a coordenação do evento, integrada pelo secretário municipal de agricultura de Linhares, José Roberto Macedo Fontes; pelo presidente da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Papaya (BRAPEX), Rodrigo Martins; pelo presidente do Sindicato Rural de Linhares, Antonio Roberte Bourguignon; e pelos organizadores da GranExpoES, Zezinho Boechat, Zaira de Andrade Paiva e Pedro Paulo de Oliveira Martins.
A coordenação apresenta um panorama do evento e sua relevância para a região. Leia.

ProCampo - Em sua segunda edição, a GranExpoNorte & Brasil PapayaFest já se consideram um evento consolidado no calendário capixaba?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Sim. Em 2013, a receptividade do público foi muito positiva e alcançamos resultados que superaram as expectativas. O evento se propõe a apresentar o que há de melhor no mercado, como diferentes tecnologias, pesquisas inovadoras, produtos recém-lançados, tudo isso sem perder o foco das necessidades do cotidiano do produtor.
A feira também envolve diferentes públicos, que vão desde os estudantes e moradores da região até empresários e o poder público. Assim, cada um pode contribuir com suas experiências e o evento se torna mais atraente e participativo – o que potencializa vida longa a esta iniciativa tão importante para uma região com vocação para o agronegócio.

ProCampo - Qual a expectativa de crescimento da feira neste ano?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - A feira crescerá em área, número de expositores e volume de negócios. No ano passado, o evento ocupou 30 mil metros quadrados do Parque de Exposições de Linhares e nesta edição contaremos com área 50% maior, num total de 45 mil metros quadrados. Já a movimentação financeira do evento – que em 2013 foi em torno de R$ 50 milhões – tende a crescer no mínimo 10%, reafirmando a força do negócio rural do norte capixaba.

ProCampo - Que setores participarão do evento?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Podemos dizer que todos os setores do negócio rural serão representados de alguma forma, da agricultura familiar às grandes empresas rurais, indústria e comércio relacionados. Pecuária (bovinos de leite e de corte, ovinos e equinos), fruticultura, cafeicultura, silvicultura, pesca e aquicultura, avicultura, olericultura, flores e apicultura estarão presentes em mais de 110 atividades entre exposições, mostras, palestras, reuniões, visitas técnicas, minicursos, apresentações culturais e outras ações que envolveram produtores, profissionais do setor e visitantes de diversos municípios capixabas. Este ano, o evento agrega ainda a primeira mostra de turismo da região, a GranExpoTur Norte, com foco no estímulo ao agroturismo e turismo rural sustentável.

ProCampo - O norte capixaba foi fortemente atingido pelas intensas chuvas do fim de 2013. O evento contribui de alguma forma para a recuperação econômica da região?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Temos sempre dito que a hora é de reerguer, seguir em frente e mudar a história. A feira reunirá em um único espaço produtores rurais, instituições financeiras, governos, técnicos e empresários. Este encontro oportunizará – além de debates técnicos e articulações interinstitucionais – muitos negócios e investimentos para os produtores que precisam recuperar sua propriedade. Durante o evento, instituições parceiras disponibilizarão, inclusive, financiamentos especiais para quem precisa repor máquinas e equipamentos, recuperar pastagens, plantações e até mesmo construções.

ProCampo - O que o público pode esperar da GranExpoNorte 2014?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Todos os expositores estão caprichando em seus estandes para receber o público com muitas novidades e oportunidades de bons negócios. Da nossa parte, como organização, cuidamos para aprimorar o evento na qualidade do atendimento.
Como novidade da feira neste ano, podemos destacar a ampliação das áreas demonstrativas. Serão 14 canteiros experimentais com plantios para apresentar ao público técnicas de irrigação e manejo de solo e uma pista para aulas-show de tratores e implementos agrícolas. Com certeza também terá boa repercussão junto ao público a confirmação da participação dos cavalos através da realização do concurso de marcha da raça Mangalarga Marchador e de muares e da prova feminina de três tambores com animais da raça Quarto de Milha.

ProCampo - Como a pecuária estará representada?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Ao todo, mais de 1.300 animais participarão do evento, entre bovinos, ovinos e equinos. Além do Torneio Leiteiro e das exposições, teremos três grandes leilões, todos presenciais, sempre às 20 horas. Na quinta-feira, dia 3, mais de 700 bezerros Nelore serão colocados à venda no Leilão Força Capixaba; na sexta, dia 4, serão 45 lotes de reprodutores e matrizes de ovinos Dorper, White Dorper e Santa Inês; no sábado, dia 5, encerrando o evento, teremos o Leilão Balde de Ouro, ofertando 120 vacas e novilhas Girolando, além de reprodutores Gir Leiteiro.

ProCampo - E quanto às novidades do Festival Nacional do Mamão?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - O Brasil PapayaFest também trará novidades. Para os produtores, teremos uma intensa programação técnica com diversos temas em pauta do setor, entre eles os transgênicos e o controle integrado das viroses do mamão. Destacamos a presença de presidentes e diretores dos órgãos de defesa vegetal do ES, BA, RN e MG, principais estados produtores da fruta e de um consultor renomado na área da fruticultura do Grupo Pão de Açúcar que falará sobre as exigências do mercado. O Prêmio Produtor do Ano será entregue aos produtores que se destacam no segmento em solenidade na noite de Sábado.
O público geral poderá conhecer de perto áreas plantadas com mamão com as mais modernas tecnologias aplicadas na cultura; o processo de higienização e embalagem da fruta, além, é claro, de muita degustação de mamão in natura, em doces e pratos salgados ao longo dos quatro dias de feira.

ProCampo - Cada vez mais o público exige ações de responsabilidade ambiental. Elas estão presentes no evento?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Sim. Desde o ano passado temos uma parceria com a Oscip Voz da Natureza e outras importantes instituições e empresas do setor, com apoio financeiro do Fundema – Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente, para garantirmos um forte trabalho de educação socioambiental durante o evento. Em 2014, o visitante terá oportunidade de conhecer de perto o trabalho de destinação dos resíduos em Linhares e em toda a região, além de exercitar os conceitos de separação do lixo, uma vez que haverá coleta seletiva durante os quatro dias do evento.

ProCampo - A GranExpoNorte também agrega outros eventos que contribuem para o desenvolvimento do agronegócio capixaba. Neste ano, quais os encontros e seminários que se destacam na programação?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - Neste ano, podemos destacar o 5º Encontro Estadual de Irrigantes, o Seminário Regional de Resíduos Sólidos, o Encontro Estadual de Engenheiros Agrônomos, o Encontro dos Produtores de Mel do Norte do Estado e mais uma vez a sessão solene da Câmara Municipal de Linhares, com transmissão ao vivo pela TV.

ProCampo - Para se realizar um evento deste porte, a organização conta com o apoio de muitos parceiros. Quais os atores diretamente envolvidos neste processo?
Coordenação GranExpoNorte 2014 - A GranExpoNorte & Brasil PapayaFest é um evento construído com muitas mãos. Na fase final de preparação do evento são mais de trezentos colaboradores diretamente envolvidos entre montadores, carpinteiros, eletricistas, decoradores e outros. Durante o evento este número passa de 3.000 pessoas somando-se cozinheiros, seguranças, recepcionistas, faxineiros, atendentes e muitos outros profissionais para dar o melhor de si a um público de 50 mil pessoas.
Tudo isso só é possível graças ao apoio da imprensa, o investimento de patrocinadores e expositores; ao esforço realizador do Sindicato Rural de Linhares e da Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Papaya (Brapex); à promoção da  Prefeitura de Linhares e suas secretarias lideradas pela Secretaria Municipal de Agricultura Aquicultura Pecuária e Abastecimento; do Governo do Estado do Espírito Santo, da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/ES). O know-how da equipe que organiza a GranExpoES – um evento com quase quatro décadas de tradição – contribui muito para o sucesso conquistado pela GranExpoNorte em tão curto
tempo de existência.

Entrevista publicada na 48ª edição (Fev/Mar 2014) da revista ProCampo.
É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização expressa dos editores ou do entrevistado.


Edições Anteriores

23.09.2014 - Desconhecimento e descaso

08.07.2014 - Selita com novo presidente

13.05.2014 - "Com o resfriamento do Oceano Pacífico, deve haver uma redução de chuvas no Sudeste e Sul do país"

08.01.2014 - Em defesa da cacauicultura

05.11.2013 - Pelo bem da agricultura capixaba


 voltar  |  topo  |  home

Publicidade

 

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

 

Parceiros

 
  • Cedagro
  • Defagro
  • Midas
  • Cooabriel
  • Incaper
  • Seea
  • Senar
  • CCA-Ufes

Revista ProCampo - A Revista do Agronegócio Capixaba

Endereço: Rua Vinte e Dois de Abril, 09 - B.N.H. - Linhares/ES - 29902-180

Telefone: (27) 3373-3424 // 9984-5808

Email: procampo@revistaprocampo.com.br

"Criando sua empresa na internet"