Revista ProCampo - Uma Leitura Produtiva

 

 
de 2017.   51ª Edição (Agosto/Setembro)  
Publicidade

Anuncie Aqui!

Notícias

 

08.07.2014 - 09:08

Programa Estadual de adaptação às mudanças climáticas

Em 2010, o Estado do Espírito Santo promulgou a Lei nº 9531, a Política Estadual de Mudanças Cimáticas, que tem entre seus objetivos estabelecer o compromisso do Estado do Espírito Santo frente ao desafio das mudanças climáticas globais, dispor sobre as condições para as adaptações necessárias aos impactos delas derivadas. Adaptação às mudanças climáticas significa desenvolver iniciativas ou medidas capazes de reduzir a vulnerabilidade de sistemas naturais e da sociedade aos efeitos reais ou esperados das mudanças climáticas.
Praticamente todos os anos o Espírito Santo sofre com a ocorrência de desastres de origem climática. Somente nas chuvas do final de 2013, mais de 60.000 pessoas foram deslocadas de suas casas, 26 pessoas perderam suas vidas e centenas de milhões de reais em prejuízo foram contabilizados.
Para buscar minimizar os impactos dos desastres, o Governo do Estado do Espírito Santo estabeleceu em seu Planejamento Estratégico 2011 – 2014, o Programa Estadual de Adaptação às Mudanças Climáticas, que tem como objetivo implementar ações de prevenção e adaptação aos efeitos das mudanças climáticas.
Fazem parte do escopo a reorganização e reestruturação do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil e a estruturação com equipamentos das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil; a elaboração de 17 planos Municipais de redução de risco e planos diretores de águas pluvias/fluviais e projetos de engenharia; e a implantação do Centro Capixaba de Monitoramento Hidrometeorológico (CCMH), composto da ampliação da Rede de Monitoramento Meteorológico, da implantação da Rede Hidrológica, da instalação de um Radar Meteorológico, da implantação de um Centro de Controle de Operações no Incaper e do estabelecimento das bases para a implantação de um Centro Integrado de Gestão de Risco de Desastres, onde o monitoramento e o alerta atuem conjuntamente.

Parceria

Através de um acordo de cooperação técnica, o Governo Estado e a Vale S/A estão implantando o sistema de monitoramento.
O sistema de monitoramento do CCMH está baseado em modelos matemáticos de previsão do tempo, imagens de satélite e em três tipos de equipamentos que formam a rede de superfície: o radar, as estações meteorológicas automáticas e as estações hidrológicas automáticas.
O radar meteorológico está instalado em Aracruz, na localidade de Barra do Riacho, a partir da sua operação, será possível integrar os dados gerados a informações de Satélite e à rede de superfície, o que permitirá maior confiabilidade nos sistemas de medição.
O Radar fornece, entre outras informações, taxa de precipitação, vento e rajada, topo de nuvens a cada 10 minutos, além de chuva acumulada horária e diária.
Com isso, poderemos, futuramente estabelecer um sistema de alerta e alarme que avise a população com maior precisão e no tempo esperado (até 3 horas de antecedência), da eminência do desastre.
É claro que, como consequência, a população deverá estar preparada para saber como agir nesses casos, por isso, precisamos investir em educação também.

Artigo publicado na 50ª edição (Jun/Jul 2014) da revista ProCampo
por David Viegas Casarin
Gerente do Programa Estadual de Adaptação às Mudanças Climáticas
Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos
É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização expressa dos editores ou do autor.


Edições Anteriores

23.09.2014 - 12 de outubro. Dia do Engenheiro Agrônomo

23.09.2014 - O mosaico do mamoeiro e o mamão de quintal

23.09.2014 - Parasitos: Importantes vilões da produção pecuária

23.09.2014 - Três cultivares de café conilon são protegidas pelo Incaper

23.09.2014 - A certificação fairtrade no café


 voltar  |  topo  |  home

Publicidade

 

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

 

Parceiros

 
  • Cedagro
  • Defagro
  • Midas
  • Cooabriel
  • Incaper
  • Seea
  • Senar
  • CCA-Ufes

Revista ProCampo - A Revista do Agronegócio Capixaba

Endereço: Rua Vinte e Dois de Abril, 09 - B.N.H. - Linhares/ES - 29902-180

Telefone: (27) 3373-3424 // 9984-5808

Email: procampo@revistaprocampo.com.br

"Criando sua empresa na internet"