Revista ProCampo - Uma Leitura Produtiva

 

 
de
Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/index.php on line 280
2018.
  51ª Edição (Agosto/Setembro)  
Publicidade


Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/estrutura/banners/exibir.php on line 9
Anuncie Aqui!

Notícias

 

18.03.2013 - 09:46

Nutrição e fertilização de orquídeas - Parte 2

A fertilização das orquídeas tem gerado grande preocupação em seu cultivo, visto que essa tem sido feita de forma empírica pelos colecionadores e, também, pelos produtores, já que existem poucas informações a respeito da demanda nutricional dessas plantas e que a maioria dos fertilizantes existentes no mercado não foi desenvolvida especificamente para as orquídeas. Esse fator torna-se mais preocupante quando se considera as possíveis diferenças das demandas nutricionais entre os distintos grupos de planta dentro da família Orchidaceae.
Como a maioria dos substratos utilizados no cultivo de orquídeas é pobre em nutrientes e, portanto, ineficientes em suprir-las com tais nutrientes, faz-se necessário a utilização de uma ou mais fontes de nutrientes – os fertilizantes – para suprir a demanda nutricional da orquídea. Essas fontes podem ser caracterizadas como orgânica, mineral ou organomineral.
Dentre as fontes orgânicas, a torta de mamona (rica em N) e a farinha de ossos (rica em P, Ca e micronutrientes) são as mais utilizadas na fertilização de orquídeas. A utilização da mistura dessas duas fontes mais cinzas de palha de café tem levado a bons resultados no crescimento de orquídeas (Rodrigues, 2005). A liberação dos nutrientes nesses fertilizantes é gradual e ocorre durante sua decomposição, nesse processo o pH do substrato é alterado podendo indisponibilizar alguns nutrientes. Além disso, a utilização de fontes orgânicas acelera a decomposição dos substratos de origem orgânica (ex.: xaxim, fibra de coco e casca de pinus).


Atualmente, existem no mercado diversas formulações (N-P-K) e marcas de fertilizantes minerais sendo utilizados no cultivo de orquídeas como, por exemplo: 10-30-20, 20-20-20, 30-10-10 entre outros da Peters®; 13-13-13, 15-8-11, 18-6-12 entre outros da Osmocote® (fertilizantes de liberação controlada); 8-11-7 + Ca, Mg, S e micronutrientes (B&G Orchidées Multinutrientes®) e o B&G Orchidées Micronutrientes® da B&G Flores®, entre outros. Esses são os fertilizantes mais comuns no cultivo e produção de orquídeas, no entanto, a maioria dessas e outras formulações não foram desenvolvidas especificamente para orquídeas, mas adaptadas de outras culturas as quais possuem características de cultivo e demandas nutricionais completamente diferentes das orquídeas.
Para o grupo catléia, a recomendação de fertilização utilizando-se fontes minerais, encontrada em alguns textos técnicos sobre o tema, é a aplicação semanal ou quinzenal de uma solução nutritiva preparada com fertilizante comercial solúvel de formulação (N-P-K) como: 20-20-20, para as fases de crescimento vegetativo de plantas adultas; 30-10-10, para as mudas em estádio juvenil e 10-30-20, para a época que antecede a floração (2 meses antes) (Paula & Silva, 2001; Watanabe et al., 2002; Rosa et al., 2009). Independente de qual a formulação, a concentração do fertilizante recomendada, por esses autores, é de 1 g L-1; no entanto, não se fala a respeito do volume, dessa solução, que deve ser aplicada por vaso ou planta. Essa recomendação é embasada na experiência de alguns orquidófilos, mas sem fundamentação teórica.


 Os tecidos das orquídeas requerem teores dos nutrientes em proporções que favoreça o perfeito funcionamento do metabolismo vegetal. Para que exista este equilíbrio entre os teores dos nutrientes nos tecidos da orquídea é necessário um suprimento equilibrado e doses corretas dos nutrientes (mais informações podem ser consultadas no trabalho de Santos et al. (2009)). Então, para se estabelecer um suprimento adequado é necessário conhecer a demanda nutricional da orquídea (Quadro 1). O Ca é um dos nutrientes mais importante para as orquídeas pois é um dos mais requeridos (Quadro 1), no entanto, ele não está presente na maioria dos fertilizantes utilizados nesse cultivo e seu uso tem sido negligenciado gerando redução no crescimento das planta e morte dos brotos (Figura 1). Dessa maneira, para que haja um bom crescimento das orquídeas ao se utilizar tais formulações, faz se necessário a complementação da adubação com nitrato de cálcio (Ca(NO3)2), ou com um formulado que contenha Ca (ex.: 15-05-15 Excel da Peters®), ou com fertilizantes orgânicos (ex.: farinha de osso). O uso de (Ca(NO3)2) dever ser intercalado com o outro formulado, usando-se 4 g/semana de (Ca(NO3)2) para cada 100 plantas adultas.
 O fertilizante B&G Orchidées® foi desenvolvido especificamente para orquídeas e durante seu desenvolvimento foram consideradas as demandas nutricionais médias de orquídeas de diversos gêneros e espécies e as taxas de utilização de cada nutriente pelas plantas, por isso, quando comparado às formulações 20-20-20 e 10-30-20 de um dos fertilizantes mais comuns no cultivo de orquídeas, o fertilizante B&G Orchidées® possui uma formulação muito mais equilibrada (melhor proporção entre os nutrientes), além de conter todos os 14 nutrientes.
Considerando os teores e a produção de matéria seca anual de diversas espécies de orquídeas comumente encontradas nos orquidários dos colecionadores brasileiros e com base em um fertilizante formulado com 8% de N (08-XX-YY), recomenda-se a aplicação de 10, 5 e 1 g/semana para cada 100 plantas adultas, seedlings grande e seedlings pequenos, respectivamente. Uma forma de realizar essa aplicação é preparar uma solução contendo 4 g desse fertilizante em 1 L de água e aplicar 25 ml dessa solução em cada vaso. Segundo essa recomendação, a quantidade necessária desse fertilizante para o cultivo de 100 plantas durante um ano seria de, aproximadamente, 525 g de fertilizante.
Outra opção para a fertilização das orquídeas é utilizar uma combinação de fontes simples de fertilizantes para suprir a demanda nutricional das orquídeas. Para que isso seja feito o orquidófilo deverá procurar a ajuda de um engenheiro agrônomo ou florestal para auxiliá-lo a combinar as fontes simples de fertilizantes, de modo que a proporção entre esses fertilizantes gerem uma proporção de nutrientes compatível com a exigida pelas orquídeas (Quadro 1).


Artigo publicado na 42ª edição (Fev/Mar 2013) da revista ProCampo
por André Ferreira Santos
engenheiro agrônomo - Incaper - Conceição do Castelo (ES)
andre.santos@incaper.es.gov.br
 


Edições Anteriores

23.09.2014 - 12 de outubro. Dia do Engenheiro Agrônomo

23.09.2014 - O mosaico do mamoeiro e o mamão de quintal

23.09.2014 - Parasitos: Importantes vilões da produção pecuária

23.09.2014 - Três cultivares de café conilon são protegidas pelo Incaper

23.09.2014 - A certificação fairtrade no café


 voltar  |  topo  |  home

Publicidade

 


Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/estrutura/banners/exibir.php on line 9
Anuncie Aqui!


Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/estrutura/banners/exibir.php on line 9
Anuncie Aqui!


Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/estrutura/banners/exibir.php on line 9
Anuncie Aqui!


Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/estrutura/banners/exibir.php on line 9
Anuncie Aqui!

 

Parceiros

 

    Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/storage/f/f6/ff/revistaprocampo/public_html/estrutura/banners/parceiros.php on line 9
  • Defagro
  • Midas
  • Cooabriel
  • Incaper
  • Seea
  • Senar
  • CCA-Ufes
  • Cedagro

Revista ProCampo - A Revista do Agronegócio Capixaba

Endereço: Rua Vinte e Dois de Abril, 09 - B.N.H. - Linhares/ES - 29902-180

Telefone: (27) 3373-3424 // 9984-5808

Email: procampo@revistaprocampo.com.br

"Criando sua empresa na internet"